Koch Advogados participa da 16ª Transposul

21.07.2014 | 10:19 0

Paulo Corso (Marcopolo), Laury Ernesto Koch,
Presidente da FETERGS Pedro Antonio Teixeira (Planalto)
Paulo Bellini (Presidente da Marcopolo)
Hugo Fleck (Presidente da Ouro e Prata e Catsul)
Presidente da ATURS e SINDETUR, Jaime Silva (Turis Silva e Fátima)
Luiz Roberto Steimetz (Presidente da Local Onibus)

A 16ª Feira e Congresso de Transporte e Logística – TranspoSul terminou na noite de quinta-feira, após três dias de debate acerca dos desafios do setor e oportunidades de negócios que chegaram a descontos de até 25%, como na tabela de caminhões. O evento reuniu cerca de 15 mil participantes, alta de 11% em comparação com o ano passado, e recorde de inscritos no Congresso. Nos 19 painéis, circularam nos três dias cerca de 4800 participantes nos debates e palestras.

Para o presidente do SETCERGS , Sérgio Neto, a movimentação da TranspoSul 2014 mostrou a força dos segmentos de transporte e logística em um ano economicamente difícil. “Os expositores souberam aproveitar o forte apelo comercial da Feira e conduziram os negócios com condições e oportunidades especiais que atraíram os visitantes. As empresas assimilaram a ideia de que com a retração da economia é preciso transformar o receio em ousadia, utilizando a oportunidade de contato direto e personalizado com os clientes na Feira para a concretização de negócios”, afirma.

Autoridades marcam presença na solenidade de  abertura

A solenidade de abertura da 16ª TranspoSul ocorreu na tarde de terça-feira, 15 de julho, quando estiveram presentes

Laury Ernesto Koch com o Presidente da Câmara de
Vereadores de Porto Alegre, Professor Garcia

autoridades do Estado e representantes de entidades do setor.

Ao elogiar a dedicação dos diretores e empresas do setor, o presidente da SETCERGS, Sérgio Neto, disse que o evento tem o objetivo de transparecer a casa do transportador, dos atacadistas, do comércio exterior e tudo que diz respeito ao transporte. “Os participantes sairão mais atualizados da Feira com o acréscimo de motivação e conhecimento as suas vidas”, revelou. Além disso, Neto criticou a situação das estradas e condições de trabalho. “Construímos um país mais digno com nossa profissão, pois transportamos nas carrocerias de ônibus e caminhões muito mais do que as pessoas comem, bebem, medicam ou sonham. Geramos renda, pagamos impostos e não conseguimos usufruir de uma estrutura adequada”, concluiu.

Governador Tarso Genro com o sócio da Koch Advogados, Laury Ernesto Koch

 O governador do Estado, Tarso Genro citou como exemplos de sucesso os EUA e a França. “Os franceses apostaram nos portos, no transporte e em todo o sistema aeroportuário depois da Segunda Guerra Mundial. Isso contribuiu para dar sustentabilidade a uma economia que hoje é considerada global”, falou. Sobre o futuro, o governador disse que para resolver o impasse logístico é preciso um grande esforço político. “Esse esforço será fundamental e deve apontar para uma grande renovação de ideias no parlamento federal”, concluiu.

O presidente da Assembleia Legislativa, Deputado Gilmar

Presidente da Assembléia Legislativa do RS, Gilmar Sossela,
Laury Ernesto Koch e o Presidente do Setsergs Sérgio Neto

Sossella    ressaltou a importância do evento que celebra um dos principais setores da economia nacional e gaúcha. “Sabemos da necessidade de apoio e ações por parte dos deputados estaduais no combate ao contrabando e à sonegação fiscal, que tanto emperram o desenvolvimento sadio do Estado. O Parlamento está sempre disposto a receber as demandas que acreditamos ser prioritárias por parte do empresariado gaúcho”.

O presidente da FETRANSUL, Paulo Vicente Caleffi,  falou sobre a organização do setor. “No Rio Grande do Sul nós estamos bem preparados para superar desafios. Tudo que se faz na área do transporte se faz de forma coletiva. O transportador gaúcho está organizado”, destacou Caleffi.

William Waack e Laury Koch

O coordenador do evento, Leandro Bortoncello, apresentou um histórico da Feira e destacou a oportunidade de formalizar negócios sólidos durante os três dias. “Será um grande momento para o setor apresentar-se não apenas para a opinião publica, mas para o setor produtivo e toda a economia do Rio Grande do Sul”, revela. O prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, também esteve presente na cerimônia e mencionou a Copa do Mundo como um exemplo de projeto que deu certo, apesar da negatividade que ainda envolve o evento. Fortunati avaliou o setor de transporte positivamente. “Claro que devemos avançar, mas a base que temos já é sólida. Precisamos acreditar que o Brasil não é um país do futuro, mas do presente”, concluiu.

Laury, Maria de Lourdes, Mariana Porto Koch e
Presidente da ATP, Cláudio Porto (Nortran Transportes)

 

 

Nenhum comentário ainda.

Comentar